Cabeça da Anta e Parque Carlos Botelho

Saí cedo de S.Paulo, afinal este seria um bate-e-volta de mais de 500 kms! O destino era a serra conhecida como Cabeça da Anta e de quebra o retorno por dentro do Parque Carlos Botelho, onde já estive em outra oportunidade.

Preparei tudo e fui conhecer a Cabeça da Anta! Valeu a pena! Um estrada bem sinuosa, com pouquíssimo movimento, cercada de mata nativa… um  ótimo lugar para meditar e curtir.

O café da manhã foi no restaurante homônimo, onde um grupo de motociclistas vindos do RJ também estavam. Rápido bate-e-papo, café e voltei para a estrada, afinal, o caminho era longo!

Subi a Estrada Parque Carlos Botelho, retornando para S.Paulo. Foi uma ótima manhã de sábado!

6 thoughts on “Cabeça da Anta e Parque Carlos Botelho”

  1. Roma, me diga, querido, que pneus escolheu pra aquela lá do paso Sico. Gostei do desenho deles. Colocou-os novos em sampa e fez a viagem toda, ou trocou pelo caminho?

    1. Grande Silveira como vai?

      Aquele é o Heidenau K60. Saí de S.P. com o Karoo 3 mas quando cheguei em Santiago eles estavam bem desgastados então resolvi trocar lá mesmo.

      Vou detalhar no email!

      Abraços

  2. Roma, me diga, querido, que pneus escolheu pra aventura do paso sico. Gostei do desenho deles. Colocou-os novos em sampa e fez a viagem toda, ou trocou pelo caminho?

    abraços

  3. Fala amigo do PBT.
    Belo passeio, em Março fui pra SRR e optei por descer peça Cabeça da Anta (queria também evitar o rodoanel pois estava sozinho), peguei alguns trechos com deslizamentos (muito barro na pista) e dois pontos de afundamento (sem sinalização). No meu retorno tudo estava arrumado.

    Apesar desses contratempos e das muriçocas fazendo Sorocaba – cwb, a escolha valeu a pena!

    1. Como vai Matheus?

      A SRR é imperdível… descer lá de moto é uma experiência ímpar!
      Na Cabeça da Anta, passei apenas uma vez e não peguei nenhum deslizamento ou algo parecido. Foi bem tranquilo! Vc. desceu a Cabeça da Anta e entrou na Regis para CWB?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *