Pneus – um grande problema

Com minha crescente admiração por pilotar na terra, a necessidade de um jogo de pneus mais propícios era latente.
Quando a Gorda (BMW 1200GSA) ainda estava com 7.000 km substituí os originais Michelan Anakee 3 pelos belos Metzler Karoo 3. Visualmente a moto ficou sensacional, com um ar assim meio… MadMax, aquele ar apocalíptico… Andar na terra com esse pneu é fantástico, já que há absoluta segurança.

Logicamente nem tudo são flores e como diz um amigo meu, cada escolha implica em uma renúncia… Neste caso, mais de uma…
  • O barulho desses pneus incomoda um pouco. Andando na estrada acima de 100 km/h sempre penso que estou ao lado de algum caminhão, mesmo não tendo ninguém lá.
  • O consumo aumentou. Sem muitos cálculos, o computador de bordo que sempre indicava por volta de 18 km/l na estrada, agora não passa dos 17.
  • No asfalto molhado é necessário um cuidado extra, já que a aderência não é nenhum esplendor.
  • Pelo jeito que piloto não faz a menor diferença, mas estes pneus devem andar sempre abaixo de 190 km/h.
Mesmo com estes pequenos problemas, estou adorando os pneus, mas o desgaste esta me preocupando um pouco. Até agora, rodei pouco mais de 6.000 km com eles e o traseiro esta como chamamos… “meia vida”.
Fazendo contas das distâncias que irei percorrer no final do ano na viagem para o Deserto do Atacama (aproximadamente 10.000 km), este pneu teria que durar no mínimo mais 6000 km, totalizando uma vida útil de 12.000 km. Se atingir esta quilometragem, substituirei este par por outros Karoo 3 e irei viajar. Por outro lado, se ele não durar 12.000 km, terei que substitui-los pelos Anakee 3, o que não gostaria de fazer já que atrapalharia parte de meus planos.
Antes que perguntem, não há outra opção no mercado nacional de pneus um pouco mais off para as medidas da Gorda (170/60/17). O Mitas E07, que seria ótima opção não existe nesta medida e os demais, não são importados para o Brasil.
Vamos aguardar a quilometragem aumentar…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *