Curvas, Oceanos e um Deserto – de Santiago a Bahia Inglesa

A estadia em Santiago foi ótima! Descanso, risadas e duas visitas imperdíveis… Sky View, o observatório que fica no topo do recem inaugurado Costanera Center, um edifício de 61 andares com um enorme shopping center até o 5º andar! Muito interessante!

2016-01-03 15.47.52

O Vale Nevado é outro passeio bem interessante, uma estrada muito sinuosa que chega em um belo hotel no topo a 3000 metros! (o hotel fica fechado só abrindo entre Junho e Setembro, alta temporada por causa da neve!)2016-01-03 09.50.53 2016-01-03 09.50.46-2 2016-01-03 10.10.16 2016-01-03 10.11.43 2016-01-03 09.51.01
2016-01-03 10.19.15-12016-01-03 10.08.24-12016-01-03 10.19.32

A queda da moto na saída de Buenos Aires causou um inchaço no pé direito com direito à área totalmente roxa. Nada que em alguns dias não se resolva!

2016-01-03 20.30.35

Os pneus da moto estavam literalmente dissolvendo…  não aguentaram a combinação calor / velocidade / carga e em aproximadamente 5k chegaram a um ponto onde eu poderia rodar no máximo mais 3k… ou seja, era trocar no Chile ou na Argentina, porque até o Brasil certamente não aguentariam. Já que deveria trocar, antecipei e optei por trocá-los em Santiago pois o custo, embora muito mais caro do que no Brasil, seria mais barato do que na Argentina além de ser muito mais fácil a troca na Capital do que em cidades do interior.

Pela internet achei a www.motoaventurachile.cl ótima loja que além de locar motos para viajantes, vende absolutamente tudo para Big Trails e ainda é revenda autorizada Heidenau. Hora de testar os K60 que em breve estarão disponibilizados no Brasil.

Cheguei na loja pontualmente as 10.00 hrs. (horário de abertura) e para decepção, eles trabalham apenas com horários agendados e as 10.00 hrs., já havia um agendamento de um argentino que também iria fazer a troca dos pneus em sua moto… Expliquei minha situação já que teria que rodar 900 km hoje,  perguntando por uma revenda Heidenau em Antofagasta, quando gentilmente o argentino (que certamente não era de Buenos Aires…) permitiu que o serviço fosse realizado em minha moto deixando a dele para ser retirada amanhã! Agradeci muito a gentileza e assim foi feito.

2016-01-04 10.17.00

Enquanto substituía os pneus, fiquei papeando com o Heinz… canadense que esta a três meses rodando junto com a esposa em uma GS 1100 1995 com destino ao Ushuaia. (o blog dele é http://urgeforadventure.ca). Papo agradável e mais uma amizade internacional! Aliás, chama a atenção no Chile a quantidade de motociclistas viajantes vindos de toda a parte do mundo aproveitar as ótimas estradas e lindos lugares!

2016-01-04 10.55.02

Saí de Santiago as 11.00 hrs. e a estrada até Bahia Inglesa é absolutamente perfeita! Asfalto liso, pista duplicada e pouquíssimo movimento, ou seja condições ideias para manter boa velocidade, tanto que cumpri o percurso em pouco mais de 8 horas. Entre Santiago e La Serena o visual não tem nada de especial… pouca vegetação, por vezes visão do Pacífico e um vento congelante, embora a temperatura tivesse próximo de 20 graus.

Na segunda metade o visual muda e a vegetação desaparece… é o deserto se apresentando. Lamentavelmente por um pequeno erro no cartão de memória as fotos que tirei da estrada foram perdidas, mas certamente amanhã não faltarão belas paisagens para serem eternizadas.

Cheguei à minúscula porém agradável Bahia Inglesa e fui direto jantar, pois o estômago já reclamava as horas de jejum. Aqui há muitos restaurantes na pequena avenida beira mar onde os frutos do mar são a principal iguaria! Lugar muito interessante!

2016-01-04 19.42.58Agora é hora de descansar, porque amanhã finalmente chegarei à San Pedro de Atacama.

Clique aqui para o mapa do dia…

14 thoughts on “Curvas, Oceanos e um Deserto – de Santiago a Bahia Inglesa”

    1. Até aqui, gostei bastante do pneu. Vale lembrar que só andei em asfalto seco! Depois vou fazer um review no PBT!

      Obrigado!

  1. Bom retorno. Esse pneu Heidenau tu vai gostar muito (esquece o barulho que ele faz). Mantenha-nos atualizados no seu diário. Abs

    1. O barulho é o mesmo do Karoo… não estranhei nada! Se a internet permitir, daqui a pouco teremos post novo! Abraços!

  2. Rromagnani, parabéns pelo blog e pela viagem!

    Cheguei aqui seguindo o link no PBT. É muito legal acompanhar a sua viagem lendo os relatos, vendo as fotos e te rastreando pelo spot e vendo a estrada por onde vc está passando pelo street view.

    Com certeza vou tirar daqui dicas para planejar a viagem que pretendo fazer em 2017…….. se a mulher e os filhos deixarem! kkkkkkk!

    Abç!

    1. Valeu por acompanhar Schulz! A idéia é deixar tudo bem mastigado para aqueles que quiserem fazer viagem semelhante. Planejar a viagem é fácil, difícil é conseguir o alvará! kkkkkk Boa sorte em todos os sentidos e se precisar de ajuda, conte comigo!

  3. Roberto, parece mais o “vale deserto” (risos). Impressionante, estive na alta temporada e tudo aí fica coberto por uma grossa camada de neve. Para eu ter uma idéia quanto custaram os pneus? Estou planilhando gastos para uma futura viagem Tb… Pé na tábua e boa viagem!! Aguardamos notícias.
    Abraços!

    1. Realmente Fernando. É a segunda vez que vou naquele lugar e ambas no verão. No inverno deve ser sensacional! Os pneus saíram em Reais o equivalente a R$ 2.200,00 o par já montado. Exatamente o mesmo preço que pediram no Tourance Next. Se no Brasil mantiver essa relação esse pneu vai custar o mesmo que o Karoo. Se precisar de mais alguma informação, conte comigo!

  4. Bom dia Romagnani. Beloa relatos e ótimas fotos. Até que tudo da Argentina não é ruim para você. Este até cedeu a vez na troca de pneus. Bom término de passeio e retorne em paz.

    1. Miguel meu problema não está em toda a Argentina… Está concentrado em Buenos Aires! kkkk Ele foi muito gentil e me salvou com a história dos pneus!
      Obrigado por acompanhar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *