Curvas, Oceanos e um Deserto – Dia 1 – SP a Urubici-SP

Hoje levantei me sentindo diferente.

Não estava nervoso ou tão ansioso como no ano passado quando fui a Fortaleza. Estava confiante e entusiasmado!

A moto já estava completamente arrumada e as 04.45 dei início à longa viagem tão programada. O destino final do dia é Urubici na Serra Catarinense.


Ainda escuro saí pela Rod. Regis Bittencourt e seu péssimo asfalto… Incrível como é possível tamanho descaso com uma estrada de tamanha importância. Os primeiros 200 km saindo de SP foram sofríveis com sinalização precária e asfalto deteriorado.

Amanheceu e a estrada melhorou me permitindo manter boa velocidade até o primeiro destino turístico do dia… a Estrada da Graciosa!

Uma dica… se você amigo não conhece a estrada da Graciosa, não perca tempo. É imperdível!  (ver vídeo abaixo) Trata-se de uma estrada muito sinuosa, toda rodeada de flores com boa parte do piso em paralelepípedos com vários mirantes e lanchonetes.  Deve ser apreciada sem pressa já que a velocidade não passa de 30/40 km/h. Simplesmente linda. Após meu retorno postarei um vídeo com um longo trecho da descida onde é possível ter exata noção do que estou falando.

2015-12-26 08.52.19 2015-12-26 08.53.28 2015-12-26 09.20.49 2015-12-26 09.21.32 2015-12-26 09.21.43 2015-12-26 09.22.09

Segui para Paranaguá e cruzei o canal de balsa para o ingresso em terras catarinenses. No trecho paranaense o trânsito foi intenso e no catarinense muito tranquilo.

2015-12-26 10.42.46Fiquei admirado com o Estado de Santa Catarina. Tudo muito bonito,  arrumado e limpo. Aliás uma curiosidade… até mesmo os cemitérios eram arrumados e extremamente floridos… sério! No primeiro que passei até pensei que estava acontecendo algum evento, mas não, todos eles são assim, o que demonstra um capricho inigualável. Parabéns aos moradores locais!

As estradas catarinense, especialmente as da região serrana são também um show a parte. Asfalto impecável e muitas, muitas curvas com belas paisagens! Nunca havia pilotado por aqui, mas certamente esta não será a última!

2015-12-26 12.31.59 2015-12-26 12.49.15 2015-12-26 16.00.29Cheguei em Urubici as 16.15 hrs., ou seja 15 minutos antes do prazo fatal para pegar o ingresso que dá acesso ao Morro da Igreja!

Com o ingresso na mão, dei uma breve passada no hotel (Hospedaria da Amélia) apenas para descarregar parte da bagagem e segui para o Morro da Igreja, com o objetivo de ver a Pedra Furada…  Lamentavelmente a neblina chegou antes e não vi absolutamente nada! Paciência!

2015-12-26 17.19.26 2015-12-26 17.19.54 2015-12-26 17.20.40

Aproveitei e segui até a Serra do Corvo Branco. Asfalto impecável até os últimos 5 km… Neste ponto acabou o asfalto e começou uma péssima estrada que misturava lama, pedras e buracos. Off road bravo! kkk

Cheguei nas famosas “paredes” e mesmo tendo mais de 150 m de altura e eu estar a menos de 10m, não consegui ver NADA… neblina total.

Olhando pelo lado positivo… fiz um off bom e com muita neblina, coisa que nunca tinha feito e ainda conheci um “maluco” com uma HD customizada que subiu a mesma estrada que eu… Segundo ele só encarou a subida porque tinha tomado duas ou três caipirinhas antes! kkkkkkk   Encarar aquela estrada de HD???  Estou fora!

2015-12-26 18.07.12 2015-12-26 18.07.40Retornei para a cidade onde finalmente pude comer alguma coisa junto com uma deliciosa cerveja antes de retornar para o hotel!

Mesmo com neblina. cumpri tudo o que programei para o dia de hoje!

A lambança do dia foi o Spot… tive um único problema com o localizador… esqueci de ligá-lo! kkkk

Vou sair de Urubici com gosto de “quero mais”… Retornarei à esta cidade em breve!

O caminho que fiz…

clique para ver o mapa

Rodei exatos 950 km e queimei 60,09 litros de gasolina em uma média de 15,8 km/l

 

16 thoughts on “Curvas, Oceanos e um Deserto – Dia 1 – SP a Urubici-SP”

  1. RROMAGNANI, vc começou com o pé direito. Serra da Graciosa é uma excelente estrada. Tb não tive sorte com o tempo em Urubici no finados, mas volte lá. Estou revivendo esse trecho com seus relatos. Faça uma excelente viagem. Que Deus te proteja.

    1. Gostei demais dessa região. O visual da SRR compensou a neblina do Corvo Branco e do Morro da Igreja. Muito obrigado por acompanhar!

    1. kkkk Esqueceu de falar que era andando por serras!

      Eu te disse que seria bem corrido, mas nem eu esperava tanto! O pior foi o terceiro-quarto dia… Todos os problemas ocorreram no mesmo instante! Felizmente todos foram solucionados!

  2. Belo relato do primeiro dia. Só uma correção, a balsa que você pegou sai de Matinhos e leva a Guaratuba.

    Na garupa virtual esperando pelos próximos dias!

  3. Show!
    E aí Roma, com essa km em 1 dia vai ganhar o prêmio “buzanfa de aço de 2015.”
    Parabéns! Acompanhando por aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *